Blog

Clarividência – como desenvolver

Posted by:

O desenvolvimento da clarividência possibilita ao Homem um conhecimento profundo da natureza humana de forma directa e pessoal.

O uso de Trataka serve para acordar a capacidade de clarividência que cada ser humano já traz ao nivel do seu subconsciente. Todo o ser humano é clarividente, embora mais de 97% dos seres humanos nunca chegue a usar essa capacidade por vários factores.

Alguns desses factores são:

  • Desconhecimento da existência dessa capacidade em si
  • Condicionamento – o cérebro, no modo automático, foca na realidade que a pessoa foi ensinada a acreditar
  • Medo – em idades mais jovens, em cérebros pouco condicionados, pode ser que a pessoa tenha visto espíritos desencarnados não muito belos na sua aparência astral, especialmente, espíritos umbralinos do Umbral Médio e do Umbral Grosso e ficou traumatizada de tal forma que a sua mente reprimíu essa capacidade no subconsciente

Uma das técnicas para o desenvolvimento desta faculdade consiste no seguinte:

  1. Visualize acima da sua cabeça um feixe ou raio de luz branca que vem do buraco negro localizado no centro da Via Láctea descendo até entrar no seu chakra da coroa até chegar ao seu chakra cardíaco
  2. Visualize um sol à sua frente emanando um raio de luz branca para o seu chakra cardíaco
  3. Visualize a Terra, lá em baixo, a emanar uma luz vermelha alaranjada que entra pelo chakra da raíz e vai subindo até chegar ao chakra cardíaco
  4. Uma vez reunidas essas 3 energias (da galáxia, do sol e da Terra) no seu centro cardíaco, expanda essa concentração de energia resultando até criar uma bola de luz à sua volta que lhe servirá de proteção
  5. De seguida, visualize uma luz branca que entra pelo chakra da coroa e sai pelo chakra frontal, voltando a entrar pelo chakra da coroa, como que criando um ciclo fechado de circulação da energia
  6. Faça circular a energia nessa diração, nesse círculo na sua cabeça, com o máximo de concentração durante 5 minutos
  7. Depois, na direção oposta, faça a energia entrar pelo seu chakra frontal e sair pelo chakra da coroa, voltando a entrar pelo chakra frontal de novo. Continue durante 5 minutos esse movimento.
  8. Os dois pontos anteriores permitirão desobstruir esses dois chakras superiores em ambas as direções, fortalecendo a conexão entre o chakra frontal e o chakra coronário
  9. De seguida, abra o terceiro olho na testa como um zipper e pulse a energia no chakra frontal, visualizando um jacto de energia branca a sair dele, o mais longe possível. Quanto mais longe você conseguir lançar a energia a partir do seu chakra frontal, mais ele vai girar.
  10. Faça-o durante 45 minutos seguidos.
  11. Para terminar, visualize dentro da sua cabeça a glândula pineal, no centro do seu cérebro, como se ela estivesse a iluminar-se que nem uma lâmpada. Visualize-a a aumentar em todas as direções, a 360º, até expandir para além dos limites da cabeça. Ela irá formar uma grande esfera de luz branca á volta da sua cabeça, fazendo com que a silhueta das feições do seu rosto desapareçam em meio a tanta luz.
  12. Mantenha a aura expandida da cabeça e relaxe.

Prática de ver energia com o auxílio de luz infravermelha

  1. Numa divisão à sua escolha, de preferência, o mais silenciosa possível, coloque um pano preto de neoprene com, pelo menos, um 1.5 metro de largura por 1.50 metro de altura. O preto é conhecido por absorver toda a luz nos seus vários comprimentos de onda (cores).
  2. Coloque um candeeiro de luz infravermelho, no chão, a cerca de 1 metro do pano, de forma a iluminar o pano com a luz.
  3. Escolha uma lâmpada de qualidade, isto é, com pelo menos, a garantia de que 90% da luz que sai é infravermelha e não luz visível. As lâmpadas de melhor qualidade emitem 90% de luz infravermelha e 10% de luz visível.
  4. Coloque-se cerca de um metro atrás do candeeiro, garantindo que nunca olha directamente para a luz infravermelha, nem mesmo pelas frestas do aparelho.
  5. Olhe fixamente o pano, de forma relaxada e concentrada, ao mesmo tempo, sem piscar os olhos.

Técnica de clarividência de Franz Bardon

A técnica consiste em absorver para dentro do corpo a luz universal ao mesmo tempo que se concentra na característica de clarividência desta luz. Esta luz é semelhante a Deus, isto é, vê tudo, sabe tudo. Esta luz universal existe em toda a parte. Não se trata de luz visível, mas de luz astral. A luz visível permite a visão dos objectos do plano físico. Esta luz universal permite a visão de todos os objectos, seja em que plano se encontrem (plano físico, astral, mental inferior e superiores).

Se considerar mais fácil considerar que esta luz é parte intrínseca do próprio Deus omnisciente, está correcto na mesma. Use-a! O importante é ter total consciência de que essa luz é omnipresente e omnividente.

Visualize essa luz universal de cor branca brilhante a preencher o seu corpo inteiro com o máximo de pressão, como se enchesse um balão com uma pressão atmosférica extrema, ao ponto de quase rebentar.

Após esse passo, visualize a luz a concentrar-se apenas na cabeça. Depois, comprima-a mais ainda e visualize-a a concentrar-se nos olhos. Finalmente, comprima-a ao máximo na íris de ambos os olhos, imaginando por, no mínimo, 10 minutos os seus olhos completamente impregnados dessa luz universal clarividente, o que os torna igualmente clarividentes que nem essa luz.

No final, se quiser, pode visualizar a luz hiperconcentrada nos olhos a retornar ao corpo inteiro para aliviar a pressão. O Franz Bardon sugere que se retorne a luz ao corpo, e depois do corpo, ao Universo. Ele avisa que se tal não for feito, o olho pode tornar-se tão clarividente que o praticante poderá ter dificuldade a distinguir os objetos do plano físico dos dos outros planos. Assim, deixo ao critério do leitor a decisão.

Técnica de memorização

A técnica de memorização consiste em observar um objecto ou cena pintada num quadro durante tempo suficiente para a gravar na sua mente. Contemple cada pormenor do objecto ou cena. Após isso, feche os olhos e recrie com o máximo de detalhes o objecto que acabou de ver na sua mente. Considero que há técnicas mais directas e naturais para obter a clarividência. No entanto, ajuda no desenvolvimento da capacidade de ver detalhes dos objectos e cenas cuja imagem se poderá receber quando a clarividência já estiver num grau mais desenvolvido. Não considero esta técnica particularmente inspiradora e divertida, o que pode tornar bastante entediante o processo de aprendizagem da clarividência.

Deixo-a aqui apenas para referência do leitor para que tenha poder de escolha.

0
  Artigos relacionados

Add a Comment