Posts Tagged 'reiki'

História de Hawayo Takata

Posted by:

Hawayo Takata nasceu na Ilha das Flores de Kawai, no arquipélago do Havai em 24 de Dezembro de 1900. Filha de pais japoneses, que haviam deixado o Japão em busca de uma vida melhor, tinha uma estrutura física débil o que a impedia de trabalhar tão eficazmente na lavoura quanto os seus pais, de compleição física mais robusta.

O Havai, actualmente o 50º estado norte-americano, foi invadido e anexado pelos E.U.A. em 1898. O arquipélago tinha no final do século XIX ...

Ler mais →
0

A história de Chujiro Hayashi

Posted by:

Chujiro Hayashi, segundo mestre na linhagem de Usui, nasce em 15 de Setembro de 1880, numa família de posses materiais e influência social.

Médico e comandante da Marinha Imperial Japonesa, conheceu Mikao Usui quando este assistia uma das suas conferências. Após este evento, aprendeu Reiki com Usui e tornou-se um dos seus mais devotos discípulos. Foi formado mestre de Reiki em 1925, tendo sido um dos 17 mestres que Usui formou de entre os seus mais de 2000 alunos. Na sua ...

Ler mais →
0

Reiki – antiga arte de cura

Posted by:

O Reiki não procede do terapeuta mas do Universo que usa o terapeuta como canal condutor dessa energia. Sendo assim, o terapeuta não é responsável pela cura. Quando a cura de uma dada condição não se opera, podem haver razões cuja compreensão não esteja logo disponível. Por exemplo, em alguns casos, o paciente tem de passar por determinadas experiências por razões kármicas. A pessoa que recebe o tratamento pode, de igual forma, rejeitar consciente ou inconscientemente ...

Ler mais →
0

A Aura

Posted by:

A Física Quântica descreve o universo como sendo composto de energia, em que a toda a matéria é constituída de energia.

A aura pode ser vista como um campo energético a rodear o corpo físico, actuando ao nível espiritual e psicológico através de estruturas chamadas chakras. Este campo energético que rodeio o corpo físico, designado de aura, é visível para pessoas com a visão psíquica activa (não é o caso da grande maioria ...

Ler mais →
0