Blog

Entendendo espiritualidade 4D e 5D

Posted by:

Tenho observado, ao longo dos anos, duas facções de estudantes de Espiritualidade que se dividem pela forma como encaram a Espiritualidade, baseado no tipo de livros que consumiram, sem se aperceberem que as visões de ambas as facções são complementares entre si.

Alguns estudantes chegam a duvidar qual das abordagens estão corretas e se, até as leis e princípios espirituais são os mesmos, conforme o tipo de autor que leiam.

Sim, as leis espirituais são as mesmas, embora os autores de desenvolvimento pessoal abordem a Espiritualidade de acordo com uma consciência de 5D para cima e os autores espíritas abordem a Espiritualidade de acordo com a consciência 4D.

Deepak Chopra, Wayne Dyer, Augusto Cury, Neale Donald Walsh e James Redfield abordam a Espiritualidade com uma consciência de 5D e superior. A perspectiva desses autores abordam as leis, seguindo o paradigma da consciência de Unidade.

A leitura desses livros é óptima para quem está deprimido, com baixa auto-estima e sem esperança em relação ao mundo e ao ser humano em geral. Quem está nessa situação, depois de os ler, ganha um boost brutal de energia, esperança, confiança no devir, um amor indizível por Deus e pela Criação e a forma magnânima com que ela funciona…

Nenhum deles toca no assunto 4D e plano astral inferior. É óptimo, porque se a pessoa ainda não espiritualizada já se sente mal, se ela soubesse de quanto sofrimento existe no Umbral (plano astral inferior) ainda se sentiria pior. 😄

Livros como As 7 Leis Espirituais do Sucesso, A Profecia Celestina, Conversas com Deus são livros excelentes para despertar espiritual, no entanto, manifestamente insuficientes, para compreender o todo da realidade.

No entanto, embora ajudem o leitor a sair da depressão, tragam esperança, optimismo, paz de espírito e sabedoria com base no paradigma da Unidade, atuando como um download do conhecimento do nosso Eu Superior e da nossa mónada aqui para a nossa mente inferior (corpo mental inferior) na matéria na 3D, pecam em fazer a ponte com o plano 4D não o abordando sequer.

Já os autores espíritas abordam, quase que exclusivamente, a realidade na 4D fazendo uma ponte entre a 3D e a 4D, seguindo uma perspectiva do paradigma da Dualidade, mais realista, no sentido de mais aproximada à nossa realidade prática aqui na 3D, embora não mais real do que as realidades 5D e superiores que são experimentadas pelas partes superiores de nós, com as quais não temos contacto consciente, salvo uns poucos segundos durante uma meditação de 1 hora e se estivermos particularmente “inspirados” nesse dia para uma meditação que nos alce durante segundos a um estado de consciência superior.

No caso do Michael Newton que não é exclusivamente 5D+ nem 4D, mas sim, um híbrido dos dois (embora 90% 5D+ e 10% 4D), ele não é tão utópico quanto os autores 5D, nem tão pragmático e próximo da nossa realidade 3D e 4D quanto os autores espíritas e umbandistas.

0

About the Author:

  Artigos relacionados

Add a Comment