Curso de Reiki Tradicional Nível II – Datas de 2017

O Nível II do Reiki Tradicional aumenta o seu poder energético com os 3 símbolos que lhe serão ministrados durante este curso de 1 dia que o transformará num terapeuta de Reiki Tradicional Nível II e que lhe permitirá elevar substancialmente o seu poder de cura através do uso dos símbolos.O nível II do Reiki Tradicional é chamado de Okuden que significa “A Transformação”.

Conteúdo programático

  • Os símbolos de Reiki
  • Para que servem e como aplicar os símbolos de Reiki
  • Símbolo Sei He Ki
  • Símbolo Cho Ku Rei
  • Símbolo Hon Sha Ze Sho Nen
  • Como limpar e proteger energeticamente um espaço/ambiente
  • Como fazer um tratamento à distância
  • A quem ou o quê se pode transmitir o Reiki
  • Sintonização
  • Sessão prática de cura à distância

São entregues um manual e um certificado.

Próximas datas:
» 1 Outubro de 2017 (domingo)
Valor: 80€
Duração: das 10:00 às 19:00 (1 dia)
Oferta: Lanche da manhã e lanche da tarde
Mestre: Paulo Nogueira

Cursos em modo individual

Caso não tenha disponibilidade na data do curso colectivo, pode ser realizado o curso em modo individual na data que for mais conveniente ao iniciando. O curso é dado nos mesmos moldes que na versão colectiva e pode ser agendado para qualquer dia da semana (incluindo feriados) ou fim-de-semana podendo o aluno, após o curso, contar sempre com a disponibilidade do mestre para esclarecer dúvidas. Ao valor do curso em modo individual, acrescem 20€.
O curso em modo individual, dado tratar-se de uma formação exclusiva para um aluno, dura 4 horas, metade do tempo de um curso colectivo sendo passada as mesmas informações e as mesmas práticas.
Pode ser agendado das 10:00 às 14:00, das 14:00 às 18:00 ou das 18:00 às 22:00.

Após o curso de Reiki (em qualquer nível), o aluno (no caso de necessitar de rever os seus conhecimentos e uso das técnicas) pode sempre repetir o curso se assim o desejar de forma completamente gratuita. Também poderá realizar o curso de Reiki gratuito ao aderir à promoção.

Inscrição em Curso de Reiki Tradicional Nível II

  1. (obrigatório)
  2. (email válido obrigatório)
 

Símbolos de Reiki

No nível II do curso de Reiki Tradicional, o terapeuta é sintonizado pelo mestre de Reiki com 3 símbolos que amplificarão o poder energético do terapeuta e que aumentarão substancialmente as suas capacidades. Neste nível, o iniciando receberá conhecimento de como e quando utilizar cada símbolo. Os símbolos do 2º nível são o Sei He Ki, o Cho Ku Rei e o Hon Sha Ze Sho Nen.

Sei He Ki

O Sei He Ki harmoniza os hemisférios esquerdo e direito do cérebro. O hemisfério esquerdo governa o raciocínio lógico e dedutivo enquanto que o direito governa a intuição, a imaginação, o onirismo e os sentimentos. Não é positivo vivermos apenas dominados por um dos hemisférios. As pessoas excessivamente governadas pelo hemisfério direito tendem a viver num mundo abstracto, de fantasia, de imaginação, à deriva das emoções e dos sentimentos mas sem realização material alguma o que as torna particularmente incapazes de concretização dos seus ideais aqui na Matéria ao passo que as pessoas excessivamente governadas pelo hemisfério esquerdo tendem a viver num mundo demasiado concreto, lógico, racional, presas a regras o que restringe a sua criatividade, as suas ideias, a sua capacidade de encontrar caminhos diferentes para um mesmo rumo ou, até mesmo, rumos diferentes.

Toda a realidade é baseada na dualidade, na dança eterna dos opostos. O Sei He Ki permite essa harmonização dos dois hemisférios de forma a criar equilíbrio entre as forças da razão e do coração.

No Ocidente, somos muitas vezes condicionados para reprimir as nossas emoções, o que vai fazer com que as mesmas fiquem aprisionadas no nosso sistema energético. Podemos fazer a analogia com o sistema sanguíneo. As emoções presas seriam aquilo que se designaria de um coágulo energético. O símbolo Sei He Ki, ao harmonizar a dimensão do pensar com a dimensão do sentir, vai libertar essas emoções presas que a pessoa não se permitíu experienciar em determinado momento e que podem originar doenças no corpo físico (soma). Sempre que a pessoa opta por racionalizar (pensar) uma emoção ao invés de a sentir, como forma de obter uma sensação de controlo mental sobre a emoção, a emoção fica presa no sistema energético. Isso acontece com maior frequência com emoções fortes e, ao mesmo tempo, desagradáveis. A fuga a experienciar a emoção negativa consiste em racionalizá-la interiormente de modo a dar ao seu portador a sensação de controlo sobre a mesma. A título de exemplo, tal pode dar-se numa situação de uma esposa que é vítima de violência doméstica e quando está a sofrer o abuso, ao invés de experienciar a emoção de raiva, tristeza, mágoa ou ressentimento para com o companheiro, decide racionalizar para si mesma, dizendo interiormente que ele tem o direito de a agredir porque ela se esqueceu de lhe engomar uma camisa, mentalizando atitudes suas menos positivas para desculpar o agressor e acabando por reprimir as emoções o que leva inconscientemente a criar esses bloqueios energéticos que o símbolo Sei He Ki dissolverá quando aplicado.

Usado para:

  • harmonizar os corpos emocional e mental da pessoa
  • alinhar os 4 chakras superiores (coração, garganta, terceira visão e coroa)
  • ir buscar informações ao “eu” profundo da pessoa que você trata ou de si próprio
  • tratar o aspecto mental do Ser

Simbologia:

  • O Sei He Ki representa a harmonia entre os opostos e é o símbolo da purificação e do equilíbrio entre forças contrárias
  • O seu nome significa “Assim em cima como em baixo”, “O Homem e Deus se tornam Um” e “A Terra e o Céu se unem”.
  • Simboliza por isso a união entre o humano e o divino explicando-se, por conseguinte, a sua forma quase humana